VETECO 2006 arranca amanhã em Madrid
Sete empresas nacionais marcam presença no 10º Salão Internacional da Janela e do Vidro, para mostrar o que de melhor se faz em Portugal.


2006.05.09

É já amanhã, dia 10 de Maio, no Parque Ferial Juan Carlos I, em Madrid, que tem início a 10ª edição da VETECO, evento bienal organizado pela IFEMA. Tendo começado em 1990, com apenas 7.500 metros quadrados para exposição, a VETECO é hoje uma das mais importantes mostras do sector a nível europeu. A edição 2006 será a maior de sempre, ocupando uma área de 44.466 metros referentes ao espaço de exposição e contando com a participação de mais de 700 empresas, de 14 países. O evento é dirigido a arquitectos, decoradores, construtores e empresários do sector, tendo ganho, nos últimos anos, projecção internacional, sendo uma excelente oportunidade para as empresas que actuam ou pretendem vir a actuar no mercado externo. A VETECO abarca os sectores das janelas, tectos e clarabóias, divisórias, fachadas ligeiras, vidro, maquinaria, ferragens e acessórios, portas, protecção solar, entre outras áreas. A edição deste ano torna-se ainda mais relevante, uma vez que foi aprovado em Espanha, no passado mês de Março, o Código Técnico da Edificação (CTE). O CTE é um enquadramento normativo que facilitará o cumprimento das directivas europeias sobre qualidade e eficiência energética, fomentando a inovação o desenvolvimento tecnológico. O principal objectivo é o de que a construção se adapte à nova estratégia de sustentabilidade económica, energética e ambiental. Sendo o primeiro grande certame após a aprovação do novo código, a VETECO chamará a si a discussão sobre os novos desafios que se colocam às empresas do sector. Relembre-se que a aprovação do CTE coloca Espanha entre os países mais inovadores em matéria de edificação. Quanto a Portugal, a representação nacional ficará a cargo de sete empresas. Perfialsa, Vitrocsa, Alualpha, Ciaferal, M. Rodrigues, Trofigrelhas e a Feira Internacional de Lisboa vão a Madrid com objectivos de internacionalização e de divulgação dos seus produtos, mostrando que Portugal também pode entrar no competitivo mercado internacional. Em termos de visitantes, espera-se que a participação portuguesa na VETECO seja das mais fortes, já que na edição de 2004 o número de portugueses que visitou o certame ultrapassou os 1400, ou seja, mais de metade do total de visitantes estrangeiros. Prémios para várias áreas Como já é habitual, a edição da VETECO será marcada pela atribuição dos Prémios VETECO/ASEFAVE 2006. Numa iniciativa conjunta entre a VETECO e a Associação Espanhola de Fabricantes de Janelas e Fachadas Ligeiras (ASEFAVE), os galardões irão premiar os melhores empresas nas seguintes categorias: “Melhor Janela”; “Melhor Fachada Ligeira”, “Melhor Projecto de Fim de Curso”; e “Prémio à Inovação”. Do júri fazem parte várias personalidades do sector, de áreas como arquitectura, construção, ensino superior e até do Governo espanhol. Também durante o certame terá lugar a atribuição de prémios para os melhores desenhos dos stands do evento. O concurso de design de stands vai já na sua terceira edição, sendo realizado em parceria com a Ordem dos Arquitectos de Madrid. A este concurso apenas se candidatam os arquitectos, sendo que, nesta edição da VETECO, haverá sete stands premiados. Ao longo dos vários dias em que decorrerá a VETECO serão realizadas visitas guiadas aos stands inscritos no concurso.