Setúbal 2016: Qual o papel do desporto na promoção da inclusão?
Iniciativa, que se insere na 8ª Semana Temática da Deficiência, aborda a importância que o exercício físico assume no pré e pós-transplante.


2016.11.29

O “Desporto como Fator de Inclusão” dá o mote ao seminário promovido por Setúbal Cidade Europeia do Desporto 2016 no âmbito da 8ª Semana Temática da Deficiência. A iniciativa, promovida esta sexta-feira e sábado, 2 e 3 de dezembro, no Fórum Luísa Todi, reúne um conjunto de atletas e especialistas debatem a importância que a promoção de exercício físico assume no âmbito da deficiência e, ainda, o papel que o desporto possui no campo da inclusão. A sessão de abertura do encontro está agendada para as 9h30 (2 de dezembro) e conta com a presença de Maria das Dores Meira (presidente da Câmara Municipal de Setúbal), Diogo Nabais (adjunto do Gabinete do Secretário de Estado da Juventude e do Desporto) e Humberto Santos (presidente do Comité Paralímpico de Portugal).

O primeiro dia integra um painel de debate centrado no “Sentir a prática desportiva”, durante o qual Jorge Pina, atleta paralímpico, aborda a relação existente entre desporto, transcendência e fé. Já durante a tarde, o destaque centra-se na “Mente e Desporto”, destacando o papel do desporto na reabilitação das pessoas com doença mental, o desporto no desenvolvimento das pessoas com perturbações do espectro do autismo e o desporto enquanto oportunidade de superação para portadores de trissomia. O futebol inclusivo é outro dos grandes temas em análise.

Iniciativa com interpretação em Língua Gestual Portuguesa
O programa de sábado, que se inicia às 10h00, dedica-se ao debate em torno do papel que o exercício físico assume no pré e no pós-transplante, uma sessão que conta com a participação de José Alberto Silva, da APIR - Associação Portuguesa de Insuficientes Renais e atleta do Grupo Desportivo dos Transplantados de Portugal (GDTP). O painel analisa, ainda, a criação de programas de exercício físico para doentes transplantados e em doentes hemodialisados.

A tarde inicia-se, às 14h30, com uma atuação do Ensemble Juvenil de Setúbal e prossegue com uma palestra centrada no judo adaptado, no paraciclismo, no “andebol 4 all” e no ténis para todos. A sessão de encerramento está agendada para as 16h30 e conta com a presença de Pedro Pina – vereador da Câmara Municipal de Setúbal – e de Henrique Duarte, do Grupo Concelhio para as Deficiências. Refira-se que a iniciativa, cuja participação é gratuita, mas sujeita a inscrição, terá interpretação em Língua Gestual Portuguesa.

Setúbal é Cidade Europeia do Desporto em 2016, posicionando-se como a primeira capital de distrito portuguesa a, durante um ano, promover as mais diversas áreas do desporto. No total, a organização realizará mais de duas centenas de iniciativas – distribuídas por modalidades que vão do futebol à natação – e entre as quais se destaca uma prova de apuramento para os Jogos Olímpicos 2016, uma das etapas da Volta a Portugal em Bicicleta, que regressa 42 anos depois a Setúbal, ou as três provas promovidas em parceria com a Federação Portuguesa de Futebol.