Qimonda Portugal lidera exportações nacionais
Produção da unidade de Vila do Conde foi maioritariamente dirigida para fora da União Europeia.


2007.07.09

A Qimonda Portugal é o novo líder do ranking de exportações nacionais. Segundo dados referentes ao primeiro trimestre deste ano, divulgados em Junho pelo Instituto Nacional de Estatística, a Qimonda passou a ocupar o primeiro lugar na tabela dos maiores exportadores, contribuindo assim de forma decisiva para o aumento da saída total de produtos em 10,7 por cento. Entre Janeiro e Março deste ano a unidade de Vila do Conde da multinacional alemã esteve na primeira linha das empresas que mais ajudaram a economia nacional a registar uma melhoria de seis pontos percentuais na taxa de cobertura da sua balança comercial. Analisando o mesmo período de 2006 e de 2007, a Qimonda conheceu um crescimento percentual homólogo de 40,8 pontos, aumentando dessa forma o seu peso no conjunto da economia nacional. O facto de a sua produção se ter focado em produtos de maior valor acrescentado acentua essa tendência. De resto, sublinhe-se que para breve está prevista a conclusão das obras em curso de ampliação das instalações em Vila do Conde. Desde o início deste ano a Qimonda admitiu mais de 200 novos colaboradores, empregando actualmente mais de 1.800 pessoas. A Qimonda continua activamente a recrutar colaboradores quer para as áreas de engenharia e Investigação & Desenvolvimento (licenciados, mestres e doutorados) quer para a área produtiva (mínimo de nove a 12 anos de escolaridade). A Qimonda Portugal é actualmente a maior fábrica europeia de montagem e teste de produtos de memórias, pertencendo à multinacional Qimonda AG, com sede na Alemanha. A produção de semicondutores, nomeadamente de memórias DRAM, é destinada a computadores, servidores e outros terminais digitais, como leitores de MP3, telemóveis, câmaras fotográficas digitais e consolas de jogos, entre outros.