OFITEC regista mais de 10 mil visitantes
No que diz respeito à presença portuguesa, a feira de mobiliário de escritório contou com sete expositores, bem como a visita de cerca de 500 visitantes.


2006.03.13

Chegou ao fim a OFITEC 2006 – Salão Internacional de Equipamento de Escritórios e Entidades Colectivas, uma das mais importantes feiras europeias do sector. O certame decorreu em Madrid, num espaço de exposição com mais de 20 mil m2 de área, e transformou a capital espanhola numa montra das tendências mais recentes de mobiliário de escritório. Com a presença de 221 empresas em exposição, a iniciativa ultrapassou os dez mil visitantes – um aumento de 27 por cento relativamente à edição anterior. No que toca a afluência internacional, o Salão somou um total de 1631 visitantes estrangeiros, sendo que a grande maioria foram portugueses (mais de 30 por cento), franceses e italianos. Relativamente à presença de empresas portuguesas em exposição, a OFITEC contou com a presença de sete empresas portuguesas – FAMO, Guialmi, IMO, Indumeca, Iduna, Levira e Quatrex – cujo objectivo era o de apresentar propostas às empresas espanholas e internacionais, atrair revendedores e fomentar a exportação. Esta exposição de qualidade que, além do mobiliário de escritório, abrange novos sectores como a iluminação, os tectos técnicos, as divisórias e os solos, deu também a conhecer as grandes tendências do ano 2006. O mobiliário desta época é marcado essencialmente por formas minimalistas, sobreposição de planos no design, presença de materiais naturais trabalhados com técnicas artesãs e o protagonismo da cor. A ergonomia e a flexibilidade são apontados como características essenciais no design dos móveis. Torna-se também primordial a clara recriação de ambientes naturais e espaços que convidem à comodidade do trabalhador. No decorrer da OFITEC, a IFEMA, entidade organizadora da feira, e a Ordem Oficial de Arquitectos (COAM) entregaram o prémio do concurso “Sueños, Ideas en Torno al Futuro del Espaço de Trabajo”, sendo que os projectos vencedores – intitulados “OFFICEWARE” e “R.E.M.edimun” – estiveram expostos durante toda a mostra. O objectivo deste concurso residia na criação de projectos de escritórios baseados na ideia do que será o futuro do espaço de trabalho, visando a integração de novas tecnologias e sua sustentabilidade no design do escritório do futuro. Ainda durante a feira foram entregues os prémios do Concurso de Stands, uma iniciativa que premiou os sete melhores stands presentes na OFITEC, um dos quais foi o da empresa portuguesa FAMO, designado “Bambalinas”. Este concurso visou sobretudo impulsionar a arquitectura efémera, numa altura em que a participação em feiras nacionais e internacionais adquire uma importância cada vez maior. Outro dos pontos altos da Feira de Mobiliário esteve relacionado com o vasto programa de conferências que convidou os participantes a discutir temas muito abrangentes e actuais, como a engenharia emocional, as emoções no ambiente de trabalho ou até mesmo a utilização de técnicas orientais, como o feng-shui e o kansei, aplicadas ao mobiliário de escritório. Relembre-se que a OFITEC é uma mostra bienal, organizada pela IFEMA, e que visa a apresentação das novas tendências do mobiliário de escritório. O evento conta com a participação das empresas líderes neste sector, quer em Espanha quer no resto do mundo.