“O Mercador de Veneza” junta em palco João Reis e Albano Jerónimo
Sara Carinhas e Pedro Penim são dois dos actores que também integram elenco. Peça estará em cena no Teatro de Almada até 11 de Novembro.


2012.10.16

Os actores João Reis e Albano Jerónimo são os protagonistas da peça “O Mercador de Veneza”, que estreia no próximo sábado, 20 de Outubro, no Teatro Municipal de Almada. O espectáculo – que estará em cena até 11 de Novembro – assinala, simultaneamente, o regresso do encenador Ricardo Pais a uma peça que apresentou em 2008 e 2009, no Teatro Nacional São João, e a despedida das encenações ortodoxamente teatrais, quando admite ser “impossível continuar a trabalhar no paradigma europeu de Teatro de Arte”.

Depois da antestreia no Festival de Teatro de Almada, em Julho, a comédia “séria” de William Shakespeare volta a reunir um luxuoso elenco, onde Albano Jerónimo interpreta o mercador cristão António e João Reis dá vida ao especulador judeu Shylock. Sara Carinhas, que na encenação anterior era Jessica, encarna agora o papel de Pórcia, enquanto que Lígia Roque, Pedro Frias e Pedro Manana retomam os personagens do primeiro elenco.

Originalmente publicado em 1600, e representado pela primeira vez cinco anos mais tarde, “O Mercador de Veneza” entrecruza duas intrigas: a que decorre na Veneza sombria e mercantil e a que tem por cenário a beleza de uma Belmonte supostamente virtuosa. Nesta encenação, Ricardo Pais busca uma clarificação da relação entre Shylock e o Mercador, tentando com isso resolver uma intuição inicial: a de que o ódio é mais forte do que o amor para aproximar os que se excluem. Depois do enorme sucesso registado no Porto, onde 13 mil espectadores assistiram às 27 récitas, a peça sobe ao palco do Teatro Municipal de Almada numa produção da Companhia de Teatro de Almada, em parceria com Teatro Nacional de São João.