Imperial angariou cerca de 14 mil euros para Operação Nariz Vermelho
Valor vai possibilitar a “adoção” de um Doutor Palhaço – o Dr. Faísca –, garantindo 84 visitas ao longo do ano às crianças hospitalizadas.


2017.06.29

A Imperial – maior produtor português de chocolate – angariou cerca de 14 mil euros para a Operação Nariz Vermelho. Em conjunto com a associação, a marca Pintarolas lançou, no último natal, um produto especial, apelando junto dos seus consumidores à vivência de uma festividade mais solidária. Por cada tubo “Pintarolas Nariz Vermelho” vendido reverteram 20 cêntimos para ajudar os Doutores Palhaços a visitar as crianças hospitalizadas.

O valor angariado vai possibilitar a adoção de um Doutor Palhaço – O Dr. Faísca –, garantindo 84 visitas ao longo do ano, nas unidades de saúde que são acompanhadas pela Operação Nariz Vermelho. A ação solidária permitiu à marca integrar o programa de apoio mecenático designado por “Adopte um Palhaço”, que garante o financiamento das visitas do doutor adotado, durante um ano.

“Saber que a Imperial está a contribuir para tornar os dias das crianças hospitalizadas mais felizes é muito compensador. A Operação Nariz Vermelho faz toda a diferença na forma como os mais pequenos vivem o seu dia a dia e, por isso, a empresa não podia deixar de contribuir para uma causa tão nobre. O sucesso desta campanha deve-se a todos os consumidores que, durante o natal, quiseram proporcionar a todas as crianças que se encontram internadas um ano ainda mais especial”, refere Manuela Tavares de Sousa, CEO da Imperial. Magda Morbey Ferro, Diretora de Comunicação da Operação Nariz Vermelho, afirma que “em nome da criança hospitalizada, a Operação Nariz Vermelho agradece à Imperial esta campanha solidária cujo contributo é fundamental para continuarmos a receitar alegria a mais de quarenta mil crianças hospitalizadas anualmente nos serviços de pediatria de catorze hospitais portugueses.”