Guimarães 2013 promove Bolsa de Voluntariado Desportivo
Organização procura voluntários experientes em eventos de caráter desportivo e com a vontade de promover a prática de desporto.


2012.12.10

Guimarães Cidade Europeia do Desporto (CED) 2013 acaba de abrir as inscrições para a Bolsa de Voluntariado Desportivo. A iniciativa visa promover o encontro entre a procura e a oferta de voluntariado no concelho de Guimarães, em concreto para os eventos que serão promovidos ao longo do próximo ano. A par disso, os voluntários terão a missão de apoiar a generalização do desporto para todos, combater o sedentarismo e a obesidade, promovendo a prática desportiva assente nos princípios da igualdade, do diálogo entre gerações e do combate ao racismo e à xenofobia.

Os interessados em inscrever-se devem ter idade igual ou superior a 15 anos, dominar, além da língua portuguesa, o inglês e o espanhol (preferencialmente), e ter experiência em eventos de caráter desportivo. Devem igualmente residir no concelho de Guimarães ou frequentar um estabelecimento de ensino no município. Todas as informações podem ser consultadas em www.guimaraes2013.pt e as inscrições devem ser enviadas para o endereço de e-mail voluntariado@guimaraes2013.pt.

A Bolsa de Voluntariado Desportivo tem patente todo um enquadramento legal e está sedeada no Banco Local de Voluntariado de Guimarães, através de um protocolo de parceria. Para a sua gestão, dispõe de um conjunto de recursos técnicos, humanos e operativos, criando assim as condições necessárias para o exercício do voluntariado. Além do apoio aos eventos da CED2013, o projeto pretende também valorizar e qualificar o voluntariado, disponibilizando informação, formação e apoios diversos às organizações e aos voluntários.

Guimarães assume em 2013 o título de Cidade Europeia do Desporto. Ao longo de 12 meses, propõe-se impulsionar mais de uma centena de eventos, estudos e programas, com vista a alterar o paradigma do desporto na cidade e inspirar outros municípios portugueses e europeus a seguirem o mesmo caminho. Prevê-se a participação de cerca de 20 mil atletas, mais de seis mil horas de voluntariado e 50 modalidades desportivas diferentes. A programação da iniciativa – reconhecida pelo Governo português como sendo de interesse público – divide-se em cinco áreas: “Investigação e Conhecimento”, “Eventos Desportivos”, “Formação e Qualificação”, “Desporto e Cultura” e “Desporto para Todos”.