Grupo Paulo Duarte cresce 12 por cento no terceiro trimestre

O Grupo Paulo Duarte encerrou o terceiro trimestre de 2009 com uma facturação aproximada de 31 milhões de euros, cerca de 12 por cento acima em relação ao período homólogo de 2008.



2009.12.28

O Grupo Paulo Duarte, ligado ao sector de transportes rodoviários de mercadorias a nível nacional e internacional, encerrou o terceiro trimestre de 2009 com uma facturação aproximada de 31 milhões de euros. Desta forma, o Grupo regista um crescimento de cerca de 12 por cento em relação ao período homólogo de 2008, no qual alcançou um volume de negócios de cerca de 27 milhões de euros.

De entre as várias empresas que integram o Grupo, a Transportes Paulo Duarte – maior empresa do Grupo e que actua na área da logística de distribuição a nível nacional e internacional – alcançou os resultados mais elevados, tendo registado, entre Julho e Setembro de 2009, uma facturação de 22 milhões de euros. Destaque-se que ao longo do ano o Grupo tem vindo a registar em todos os trimestres um crescimento de dois dígitos.

José Paulo Duarte, responsável máximo do Grupo, confirma que “à semelhança do que aconteceu em 2008, o Grupo tem já assegurado um crescimento próximo dos 15 por cento no final do ano corrente”. E acrescenta: “Os resultados positivos resultam da sustentabilidade do negócio e dos investimentos que a empresa tem vindo a efectuar. A aquisição e a renovação de equipamento rondam já os 10 milhões de euros de investimento”.

Com instalações em Torres Vedras, Alverca, Setúbal, Matosinhos, Pinhão, o Grupo Paulo Duarte possui 550 viaturas e mais de 550 reboques e conta com cerca de 600 colaboradores, tendo já iniciado a expansão internacional, estando presente em Espanha (Huelva e Almendralejo). Em actividade desde 1946, possuiu actualmente várias certificações. Em 2008, facturou 40 milhões de euros.