FEUP apresenta mestrado dinâmico e inovador
O Mestrado em Inovação e Empreendedorismo Tecnológico alia o trabalho árduo do empreendedor a uma formação estruturada, combinando tecnologia e gestão.


2005.07.26

O Mestrado em Inovação e Empreendedorismo Tecnológico (MIETE) da Universidade do Porto está agora a caminho do seu segundo ano lectivo, sendo que as inscrições para o novo ano terminam a 30 de Agosto. Envolvendo uma parceria entre a Faculdade de Engenharia, a Faculdade de Economia e a Escola de Gestão do Porto (escolas da Universidade do Porto), o Mestrado visa formar empreendedores e fomentar o empreendedorismo de base tecnológica através do desenvolvimento de projectos de negócio, estabelecendo uma permanente ligação entre o mundo académico e o mundo empresarial. Concebido para funcionar através de equipas pluridisciplinares, os principais destinatários são pessoas de áreas diversas, como a Gestão, Engenharia, Biotecnologia, entre outras, com vontade de gerar negócios a partir de ideias inovadoras. Através de um processo sistemático e interactivo denominado Sequência de Comercialização Tecnológica (Sequência TEC ), o Mestrado possibilita aos alunos a aquisição de competências que lhes permitirá identificar tecnologias com potencial de mercado e de valorização económica. Este Mestrado possibilitará ainda conduzir o processo criativo de inovação a partir de conhecimento – gerando oportunidades de negócio –, realizar o processo de valorização da tecnologia, proceder à avaliação da viabilidade de comercialização da tecnologia e construir um plano de negócios. O êxito deste curso de Mestrado está comprovado pela conquista do primeiro prémio no concurso de ideias da NET-SA por três alunos do curso que criaram um Plano de Negócios do Projecto Mingle – projecto orientado para o mercado dos adolescentes que junta conceitos de “Mobile Social Networking” e Mundos Virtuais. Desta forma, o MIETE poderá ser um importante veículo para o desenvolvimento do imenso portfolio de tecnologias existente na Universidade do Porto, bem como para a criação de modelos de negócio apropriados à sua comercialização.