Encenador Ricardo Pais apoia candidatura de Luís Filipe Menezes

“Desde Fernando Gomes que não há um autarca eleito com uma ideia para o Porto", defende o antigo director do Teatro Nacional São João.



2013.08.09

Terminado o prazo de apresentação de candidaturas autárquicas, e a cerca de dois meses do processo eleitoral, Ricardo Pais manifesta agora, publicamente, o seu apoio à candidatura de Luís Filipe Menezes à Câmara Municipal do Porto. Segundo o encenador, as razões são várias a começar, desde logo, pelo facto de “a cultura viver mal com trevas declaradas em nome da austeridade e de outras perfídias”.

Para Ricardo Pais, “Luís Filipe Menezes apresenta-se, pela primeira vez, ao fim da longa noite, como quem quer assumir as suas responsabilidades pelo prestígio e o brilho dos artistas e das instituições que marcam, nacional e internacionalmente, a Cidade e que para ela rendem”. O encenador vai mesmo mais longe, afirmando que “desde Fernando Gomes que não há um autarca eleito com uma ideia para o Porto”.

Relembre-se que Ricardo Pais dirigiu os dois maiores teatros nacionais do país: Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, entre 1989 e 1990, e Teatro Nacional São João, no Porto, entre 1995 e 2009. É autor de alguns dos maiores sucessos nacionais e internacionais do teatro português, o último dos quais “Sombras”, que em Portugal teve cerca de 10 mil espectadores (em 24 récitas), os mesmo do périplo internacional por França, Brasil e mais recentemente Rússia, num total de 15 récitas.