Dachser investe em tecnologia que geolocaliza produtos em armazém
Projeto representa um marco na área da logística e revela a importância que este tipo de inovação assume na transformação digital do setor.


2018.11.05

Conseguir identificar um produto, assim como o local exato em que se encontra no armazém, são questões determinantes para a evolução tecnológica das empresas de logística e fatores-chave para a rentabilidade e produtividade dessas organizações. Atenta a esta questão, a Dachser – dando continuidade à forte aposta ao nível da transformação digital – desenvolveu, em parceria com a Minsait, empresa do grupo Indra (multinacional especialista em soluções e serviços tecnológicos), um projeto com base na tecnologia IoT (Internet das Coisas).

Com este sistema, colocado exclusivamente nas jaulas utilizadas no transporte de carga não paletizada ou de elevado valor, passa a ser possível geolocalizar a mercadoria existente nos armazéns em toda a Península Ibérica. Refira-se, que a ferramenta de rastreabilidade recorre a dispositivos instalados nas jaulas em que a mercadoria se encontra armazenada e, ainda, a uma plataforma disponível na nuvem (suportada pela rede Sigfox) para monitorizar os movimentos, em tempo real, desses produtos, o que permite um controlo e gestão eficientes dos mesmos.

“O geoposicionamento assume-se como um elemento essencial para analisar desvios numa operação, medir tempos de utilização dos equipamentos, implementar medidas de segurança, entre outros benefícios”, indica Roberto Espina Manchón, diretor de Serviços e Infraestruturas da Minsait. Para o responsável, “este tipo de soluções, com grande potencial de evolução, é crucial para a transformação digital do setor logístico”. Por sua vez, Juan Quintana, CEO da Dachser Iberia, revela que “ter acesso a informação rigorosa, e em tempo real, sobre a operação, nos mais diversos níveis, é imprescindível para se alcançar uma gestão eficiente”. “Os dados devem, por isso, permitir antecipar e minimizar qualquer impacto nas etapas seguintes do processo”, conclui.

A tecnologia, que estará disponível nos centros European Logistics da Dachser Iberia, será implementada durante o ano de 2018 e 2019. Refira-se que este projeto assume uma importância extrema para o setor e confirma o sucesso da parceria entre a multinacional e a Minsait, um dos seus principais fornecedores de serviços na área das tecnologias de informação.

A Dachser é um dos maiores grupos privados do mundo na área da logística e transporte de mercadorias, empregando cerca de 29.100 trabalhadores em 396 filiais em 44 países. A multinacional alemã está presente no mercado ibérico através das linhas de negócio Dachser European Logistics – dedicadas ao transporte terrestre e serviços logísticos integrais – e da Dachser Air & Sea Logistics (ASL), que é responsável pelos transportes aéreo e marítimo, oferecendo, ainda, todos os serviços de valor acrescentado inerentes a estas áreas de negócio. Na Europa, a Dachser posiciona-se no transporte rodoviário como uma solução única para todas as necessidades logísticas orientada para a exportação. Os seus serviços incluem armazenamento e soluções de distribuição, entregas B2C, serviços específicos de carga parcial e completa e serviços especializados para a indústria química e bricolage, decoração e jardinagem. A nível global, em 2017, a Dachser alcançou um volume de negócios de cerca de 6,1 mil milhões de euros. A multinacional alemã processou um total de 82 milhões de expedições, com um volume global de 40 milhões de toneladas.