Cantores anónimos de Guimarães unem-se no grupo “Outra Voz”
Mais de 100 cidadãos gravam este fim-de-semana um conjunto de temas no âmbito de um projecto internacional liderado por Amélia Muge.


2011.05.27

O “Outra Voz” – grupo de expressão vocal composto por mais de uma centena de cidadãos anónimos de Guimarães – foi convidado a participar no “Périplus”. Este projecto artístico internacional assenta na exploração dos elementos comuns entre o património musical português e grego. Após alguns meses de ensaio, o grupo de canto vimaranense, criado no âmbito do cluster da Comunidade da Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura, grava este fim-de-semana os temas a editar em CD já no próximo ano.

A participação do “Outra Voz” nesta iniciativa luso-grega constitui uma forma de divulgação do evento vimaranense à escala europeia, bem como uma oportunidade de os participantes aumentarem a sua experiência de palco e os seus conhecimentos sobre cultura e música gregas. É, também, uma homenagem a Melina Mercuri, deputada grega e actriz, responsável pelo nascimento do projecto das Capitais Europeias da Cultura.

O projecto “Périplus” nasceu em 2010, tendo como mentores os cantores Amélia Muge (Portugal) e Michales Loukovikas (Grécia). Baseado no património comum mediterrânico, este trabalho desenvolveu-se por associação de ideias e pesquisas e por um processo de criação comum. As gravações têm início hoje às 20h00 e decorrem até ao próximo domingo.

Relembre-se que em 2012 Guimarães é Capital Europeia da cultura, acolhendo um grande encontro de criadores e criações — música, cinema, fotografia, artes plásticas, arquitectura, literatura, pensamento, teatro, dança e artes de rua. Vão cruzar-se os produtos artísticos imaginados e gerados pelos seus residentes com os que de toda a Europa afluirão à cidade. Ao longo de um ano, Guimarães será promotora da diversidade cultural que caracteriza a Europa, dando a conhecer as suas manifestações culturais e acolhendo as de outros países.