Bial no Global Compact
O grupo farmacêutico Bial adere a iniciativa internacional, promovida pelo secretário-geral da ONU, com vista a uma economia global mais sustentável.


2004.06.18

O grupo Bial constitui uma das empresas internacionais que acaba de aderir ao desafio de Kofi Annan, secretário-geral da ONU, para fazer parte do Global Compact. Trata-se de uma iniciativa que conta com a participação de líderes empresariais, agências das Nações Unidas, sindicatos, organizações não governamentais e restantes actores sociais imprescindíveis ao crescimento sustentado da economia mundial e ao desenvolvimento social. O Global Compact é uma iniciativa voluntária que visa promover o crescimento sustentável da economia mundial face aos enormes desafios da actualidade e ao fenómeno da globalização, estabelecendo laços de cooperação entre empresas, governos e sociedade civil. Desde 1999, data de criação do Global Compact, que centenas de companhias têm aderido ao pacto global para actuação da comunidade empresarial em todo o mundo, baseado em nove valores fundamentais ligados aos direitos humanos, práticas laborais e protecção ambiental. Ao fazer parte do Global Compact, o grupo Bial reforça assim o seu compromisso de apoiar e de divulgar os nove princípios, promovendo-os nas práticas de gestão, nas suas actividades e no relacionamento com os seus diferentes públicos. Importa acrescentar que o programa desenvolvido por Kofi Annan tem já agendada uma reunião para o próximo dia 24 de Junho, em Nova Iorque. Na ocasião, centenas de empresas parceiras da iniciativa, agências da ONU, governos, sindicatos e organizações da sociedade civil irão debater os objectivos deste programa, a aplicação dos seus princípios e a estratégia futura. A abertura da sessão será da responsabilidade do principal mentor do Global Compact, Kofi Annan.