Assunção Cristas visita multinacional portuguesa de saladas
Sediada em Odemira, Vitacress centra a sua atividade na produção, exploração, lavagem e embalamento de produtos hortícolas de IV gama. Empresa integra a britânica Vitacress Ltd., detida pelo Grupo RAR.


2013.04.15

A ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território, Assunção Cristas, acaba de visitar a Vitacress Portugal. Sediada em Odemira, a empresa centra a sua atividade na produção, exploração, lavagem e embalamento de produtos hortícolas de IV gama, ou seja, lavados e prontos a consumir. A Vitacress Portugal integra a britânica Vitacress Ltd. – detida pelo Grupo RAR –, que concentra todas as suas operações de produtos frescos.

A Vitacress Ltd. tem um volume de negócios próximo dos 190 milhões de euros (153 milhões de libras) e emprega cerca de 1.650 pessoas. Está presente no Reino Unido, Portugal e Espanha, explorando cerca de 750 hectares agrícolas e 70 hectares de estufas de vidro. A multinacional de capital português é um dos líderes europeus na produção e comercialização de agrião, salada de folhas tenras, espinafre, ervas frescas aromáticas e tomate fresco.

A Vitacress Portugal garante, atualmente, cerca de 300 postos de trabalho, explorando uma área total de produção de 280 hectares, aos quais se juntam 15 hectares de túneis e 13 de estufas. A empresa detém em Odemira, no Alentejo, uma macro-exploração, que é atualmente a sede da empresa. Conta ainda com uma unidade fabril em Almancil, no Algarve, e com uma unidade de produção de tomate biológico, uma das mais sofisticadas da Europa, concentrando em Portugal cerca de 45 por cento da produção total do Grupo. Em 2012, a empresa registou uma facturação de 21 milhões de euros.

Do total da produção em Portugal, 40 por cento destina-se à exportação – nomeadamente para marcas de renome como El Corte Ingês, Marks&Spencer, Makro ou Carrefour. No mercado interno, o negócio é dominado através da marca própria e da produção para terceiros. A Vitacress fornece as principais cadeias de supermercados, como Continente, Pingo Doce, Lidl, Dia ou Auchan, detendo uma quota de mercado de 42 por cento. Recentemente firmou uma parceria com a McDonald’s Portugal.

Conceito de integração vertical
A diferenciação da Vitacress prende-se com o facto de estar integrada verticalmente, controlando todos os processos de produção e comercialização. Em Portugal, é a única empresa do setor que produz e embala todos os seus produtos, durante todo o ano, garantindo a total rastreabilidade das suas referências. 

A marca tem como principal missão proporcionar aos consumidores uma opção de alimentação saudável, através da disponibilização no mercado português de um conjunto alargado e diferenciado de produtos hortícolas, lavados e embalados de acordo com os níveis mais exigentes do setor, podendo ser consumidos diretamente da embalagem, com toda a confiança. Sem qualquer tipo de conservante ou aditivo, os produtos Vitacress podem conservar-se no frigorífico depois de abertos, sem perderem qualquer tipo de qualidades e frescura, até que o prazo de validade da embalagem assim o dite.

Inovação e desenvolvimento
A inovação tem sido o motor do crescimento da empresa e tem expressão a diversos níveis. Por um lado, na introdução no mercado de novas variedades, tais como os vegetais baby (cenouras, pimentos ou batatas), por outro a nível da investigação. A saúde é a vertente com mais potencial de desenvolvimento para a Vitacress, que está neste momento a apostar na investigação científica das variedades, nomeadamente do agrião de água.

O projeto, designado de “Agrião – A nova terapêutica adjuvante no tratamento do cancro”, será realizado no âmbito de um protocolo com o Instituto de Medicina Molecular do Hospital de Santa Maria, tendo como enfoque a prevenção desta doença, nomeadamente no que respeita à diminuição do seu desenvolvimento. Neste âmbito, uma amostra de mulheres com cancro da mama será submetida a uma alimentação rica em agrião d’água, um super alimento que consegue reunir uma enorme quantidade de vitaminas e minerais essenciais e que funciona – segundo vários estudos – como um importante bloqueador do desenvolvimento das células cancerígenas com propriedades antimetásticas.

Adquirida pelo Grupo RAR em 2008, a Vitacress Ltd. – com origem em 1950, no Reino Unido – é um dos líderes europeus na produção e comercialização de agrião, salada de folhas tenras, espinafre, ervas frescas aromáticas e tomate fresco, registando uma faturação anual na ordem dos 190 milhões de euros. A missão da empresa – que está presente em Portugal, Reino Unido e Espanha – é proporcionar aos consumidores uma opção de alimentação saudável, através da disponibilização de um conjunto diferenciado de produtos hortícolas, lavados e prontos a comer (IV Gama), de acordo com os níveis mais exigentes do setor. A Vitacress Portugal possui uma macro-exploração situada em Odemira e terrenos em Almancil e em Alcochete, numa área total de 280 hectares. Em território nacional, a empresa emprega perto de 300 pessoas e faturou, em 2012, 21 milhões de euros, sendo que 40% do total da produção se destina à exportação