Art on Chairs apresenta cadeira de Lula da Silva
Toni Grilo projetou a “Aura Chair”, um híbrido entre cadeira e secretária, que permite criar um “trono de trabalho”, um objeto que cria um assento 360º, rodeado por secretária e com duas frentes de trabalho.


2014.09.30

A cadeira de Lula da Silva, ex-presidente brasileiro, é a mais recente peça criada no âmbito do Duets (2+1), iniciativa que integra o projeto Art on Chairs. “Uma cadeira é um objeto de trabalho, nunca me sento para descansar, só para trabalhar”. A afirmação proferida por Lula da Silva foi o mote que inspirou Toni Grilo, o designer luso francês que assina o design do projeto. Toni Grilo projetou a “Aura Chair”, um híbrido entre cadeira e secretária, que permite criar um “trono de trabalho”, um objeto que graças ao design cria um assento 360º, rodeado por secretária e com duas frentes de trabalho.

O “trono” de Lula é uma das 92 peças criadas por designers portugueses no âmbito do Art on Chairs e que marca presença na Beijing Design Week (BJDW), na China, até 3 de outubro. A presença do Art on Chairs e do mobiliário de Paredes na China foi marcada pela nomeação para o top 7 das exposições a visitar na BJDW, escolhida entre mais de 300 mostras oriundas de 35 países. Para o mobiliário de Paredes, esta missão empresarial é uma oportunidade única, tendo em conta os mais de 1.300 milhões potenciais consumidores (dos quais mais de metade já vive nas cidades) e regista um crescimento do PIB entre sete e oito por cento.

Toni Grilo e CM Cadeiras assinam o projeto
A cadeira de Lula da Silva foi produzida pela CM Cadeiras, Campos Móvel SA, uma empresa de Paredes que conjuga a produção de cadeiras modernas mantendo-se fiel à produção artesanal. Toni Grilo é formado pela École Boulle, escola que aposta na formação das áreas de artistic crafts e artes aplicadas