APLL lança campanha “As pequenas coisas fazem a grande diferença”
Iniciativa decorre nas redes sociais da Associação e convida todos aqueles que lutam ou lutaram contra a doença a partilhar a sua história.


2017.09.13

A Associação Portuguesa de Leucemias e Linfomas (APLL) assinala, esta sexta-feira, 15 de setembro, o Dia Internacional do Linfoma, com uma campanha que desafia os doentes oncológicos a partilhar a sua história. A iniciativa, que decorre nas redes sociais, convida todos aqueles que lutam ou lutaram contra uma doença do sangue a partilhar uma fotografia que ilustre esse caminho de superação. A ação faz parte de um movimento mundial lançado pela Lymphoma Coalition, organização internacional da qual a APLL é membro. Todos aqueles que queiram participar na campanha poderão faze-lo no Facebook da Associação (https://www.facebook.com/apllassociacao/).

Refira-se que setembro é o mês das doenças malignas do sangue e que, em Portugal, surgem, todos os anos, cerca de 3.000 novos casos. A APLL tem, neste âmbito, um importante papel, uma vez que trabalha, diariamente, no apoio, quer dos doentes quer dos familiares. Para marcar esta data e este mês, a Associação está a preparar um conjunto de atividades de consciencialização e informação, nomeadamente o Encontro Anual da APLL “Vida e saúde para além da doença”, que decorre a 30 de setembro, na Faculdade de Desporto da Universidade do Porto.

Fundada em 2001, a APLL é uma associação sem fins lucrativos, constituída por doentes e familiares, profissionais de saúde e voluntários, cujo principal objetivo é o apoio aos doentes oncológicos e às suas famílias. A Associação pretende, também, fomentar o desenvolvimento do tratamento e investigação clínica e laboratorial, ensino e divulgação das doenças oncológicas, trabalhando em parceria com instituições internacionais como a Life Beyond Limits, Alianza Latina, Myeloma Patients Europe, entre outras.