A Quatro Mãos confirma mais presenças nacionais no evento
Bruno Nogueira, Marco Martins, Nuno Markl, Ana Markl e Filipe Homem Fonseca são os nomes eleitos para dois painéis do “À Conversa Com”.


2017.10.09

Qual é o processo de escrita para uma série de televisão? Será muito diferente de desenvolver guiões para cinema ou sketches para stand-up comedy, rádio ou Youtube? É a estas e outras perguntas que se responderá em dois painéis do “À Conversa Com” propostos na primeira edição do A Quatro Mãos – Encontro de Escrita para Cinema e Televisão em Português. O evento é promovido pela Academia Portuguesa de Cinema e decorre de 12 a 15 de outubro, em dois espaços emblemáticos de Cascais: Centro Cultural de Cascais e Casa das Histórias no Museu Paula Rego.

O primeiro momento, agendado para sexta-feira, dia 13 de outubro, às 12h15, conta com as intervenções de Bruno Nogueira e Marco Martins que vão abordar a criação de “Sara”, nova série de comédia da RTP produzida pela Ministério dos Filmes e que terá Rita Blanco, Albano Jerónimo, Beatriz Batarda e Nuno Lopes no elenco. Esta não é a primeira vez que o humorista e o realizador trabalham juntos, mas será a estreia do reputado e premiado Marco Martins na televisão, enquanto que Bruno Nogueira foi já autor da série de sucesso “Último a Sair” (que ganhou o Prémio de Melhor Programa de Ficção pela SPA), tendo ainda participado como apresentador no “Curto Circuito” e “Lado B”, entre tantos outros trabalhos.

Já Nuno Markl, Ana Markl e Filipe Homem Fonseca “encabeçam” outro painel dedicado a conversar sobre o audiovisual, desta feita sobre o processo de escrita e conceção de “1986”. No domingo, dia 15 de outubro, às 19h15, os guionistas conversam sobre a série de televisão que se estreará em novembro na RTP e que conta a história de cinco personagens que revisitam Portugal de 1986, passando por locais icónicos dos anos 80 e vivendo a tensão da primeira e única vez que, na história democrática portuguesa, houve segunda volta de eleições presidenciais – um duelo entre Mário Soares e Diogo Freitas do Amaral.

O projeto A Quatro Mãos tem produção executiva de Paulo Trancoso e coordenação geral de Patrícia Vasconcelos, que partilha a direção de projeto com Rui Vilhena e Edson Athayde. A primeira edição do evento, com parceria da Globo, conta com um programa recheado e mais de duas dezenas de nomes relevantes do setor, como Vicente Alves do Ó, Pedro Varela, Leonor Teles, Simão Cayatte, Valentín Fernández-Tubau, Anna Muylaert, Jô Bilac, Paulo Morelli, James Bonnet ou Jim Sheridan. As inscrições estão abertas e podem ser efetuadas através do site do projeto: http://aquatromaos.pt.