«A Piscina» em ante-estreia nacional dia 8 de Março
Curta-metragem de Iana e João Viana brilha internacionalmente e conta já com dezenas de convites para festivais um pouco por todo o mundo.


2005.02.13

“A Piscina”, uma curta-metragem realizada pela dupla de jovens realizadores Iana e João Viana, chega finalmente a Portugal. Com produção de Paulo Rocha, o filme alcançou um lugar na selecção oficial do Festival Internacional de Cinema de Veneza – que decorreu em Setembro de 2004 – e ganhou o Prémio da Crítica do Festival de Cinema Luso-Brasileiro de Santa Maria da Feira, no passado mês de Dezembro. A ante-estreia nacional realiza-se na Cinemateca Portuguesa – Museu de Cinema, em Lisboa, na próxima terça-feira, dia 8 de Março, às 21h30. Quanto à estreia, está agendada para o dia 5 de Maio, e irá passar antes do filme “Vanitas” – uma outra estreia –, do realizador Paulo Rocha. Apesar de não ter ainda estreado em Portugal, a fama de “A Piscina” é já internacional e, como diz João Viana, “o filme está a voar sozinho”. A prova são os vários convites que tem recebido para mais de uma dezena de festivais em todo mundo, em países como França, Itália, Hungria ou México. O filme foi apoiado, desde o início, por várias personalidades do meio artístico, como Jorge Molder, director do Centro de Arte Moderna da Gulbenkian, António Pinto Ribeiro, na altura director artístico da Culturgest, João Lima Pinharanda, crítico de arte contemporânea, e Paulo Rocha, produtor de "A Piscina" e considerado o inventor do cinema novo. A curta-metragem “A Piscina” é baseada em dois quadros de Henri Matisse: “A Piscina” (1952, MOMA, New York) e “A Dança” (1910, São Petersburgo). É um filme que celebra a vida e a sensualidade. Segundo João Viana, “um objecto difícil de descrever e que cruza todas as artes, da música à pintura, passando pela dança”.