teatro nacional sao joao
Teatro Nacional São João
Teatro Nacional São João

 

 
O Teatro Nacional São João (TNSJ) é, desde 2007, uma Entidade Pública Empresarial, assumindo ainda a responsabilidade da gestão de mais dois espaços culturais da cidade do Porto: Teatro Carlos Alberto e Mosteiro São Bento da Vitória. Em 2015, o TNSJ fechou o ano com mais de 105 mil espectadores, considerando as digressões nacionais e internacionais, e integrou na sua programação global mais de 60 espetáculos. O TNSJ é o único membro português na União dos Teatros da Europa (UTE), organização que congrega alguns dos mais importantes teatros públicos do espaço europeu, integrando o Conselho de Administração da entidade.


Trabalhos 
(selecção)


> Macbeth é a próxima produção do Teatro Nacional São João | Espetáculo marca a primeira incursão de Nuno Carinhas por Shakespeare e o regresso de João Reis ao papel de protagonista de peças da Casa

> Lastro de Né Barros apresentado no Mosteiro São Bento da Vitória | Coreógrafa regressa aos espaços do Teatro Nacional São João, desta feita com um espetáculo que explora uma catástrofe iminente

> Estrada Branca cruza canções de José Afonso e Vinicius de Moraes | Projeto musical explora o legado dos dois vultos da cultura portuguesa e brasileira e tem como protagonistas José Pedro Gil e Mônica Salmaso

> TeCA: Como será a espécie humana daqui a cem mil anos? | O Nosso Desporto Preferido – Futuro Distante é a nova criação de Gonçalo Waddington e reflete sobre o destino da civilização

> Coreógrafo belga Alain Platel regressa ao TNSJ oito anos depois | nicht schlafen (não dormir) parte da obra de Gustav Mahler, explorando a aceleração e rutura que conduziu à Primeira Guerra Mundial

> TNSJ apresenta criação da CNB sobre a beleza e o sacríficio da dança | Com dramaturgia e direção de Tiago Rodrigues e música de Mário Laginha, o espetáculo explora o fim de carreira de Barbora Hruskova

> TNSJ celebra Dia Mundial da Dança com a nova criação de Né Barros | Muros, espetáculo de abertura do Festival DDD 2017, põe em evidência a questão do “outro” num mundo cada vez mais centrado na figura do “eu”

> TNSJ celebra Dia Mundial do Livro com Herberto Helder e Raul Brandão | Sessão de leitura partilhada de obras dos dois autores conta com a presença de Luís Filipe Castro Mendes, Ministro da Cultura

> Leituras no Mosteiro são dedicadas a Bernard‑Marie Koltès | Roberto Zucco (1989) – a jornada inigualável de um criminoso – é a obra eleita para a primeira sessão do último trimestre da temporada

> Nova criação de Né Barros em estreia absoluta no TNSJ | Muros segue a temática da fronteira e zona de perigo e aborda a figura do refugiado que é travado por barreiras visíveis e invisíveis.




Site oficial

Período
de colaboração
2014/ ...

Áreas de intervenção
Comunicação